25 de jan de 2008

Aprendendo a Ler

No ultimo post, falei em primeira pessoa sobre o hábito de tirar vantagem, parodiei ou croniquei, seja lá como queiram usar o verbo, a postura de empresários brasileiros que se utilizam de sua posição para surrupiar seus empregados.

No entanto recebi um comentário, infimo, que nem valeria a pena responder, já que nem se prestou ao trabalho de colocar-se. No entanto, a grosso modo pareceu-me que o comentarista, repreendia-me por "eu" querer tirar vantagem e fazer apologia a isso no meu blog.

Diante disso fica aqui o apelo. Para criticar-me, por favor, aprendam a ler. Consultem as entrelinhas, raciocinem além do que está obvio e busquem a sua verdade. Ai então critiquem-me de forme que o hábito da crítica seja útil a todos, que nos leve a discussões elevadas.

Nenhum comentário: