4 de set de 2007

Maldita Tolerância

Nossa que dia maravilhoso para minha prática favorita. Criticar.
Hoje foi um daqueles dias férteis, em que tudo o que acontece esfrega no meu nariz um maravilhoso motivo de critica, e das mais ácidas.

Durante essa farta colheita, ocorreu-me que grande parte dos problemas do mundo são causados por essa péssima influência que é a tolerância.

Isso mesmo a culpa é da tolerância, não da falta dela mas do excesso. Somos treinados desde a infância a tolerar os erros alheios, as incapacidades as pequenezas de alma e, por fim esta tolerância nos expõe a pessoas que de tão toleradas acham que “tudo bem” como a máxima do comercial.

“Tudo bem se eu não conseguir ser melhor”
“Tudo bem se eu não tenho agilidade de raciocínio”
“Tudo bem se eu não sei o que é elementar a minha posição”
Tudo bem.... tudo bem.......

Ó Deus!!! É uma sucessão de fracassos justificados quando na realidade a única justificativa é a preguiça patrocinada pela tolerância.

Toleramos Gerentes Supervisores da Cordenação de Pedidos, não porque eles sabem o que fazem muito pelo contrário, toleramos porque eles já são tolerados há mais de 25 anos, e, aí vem a crueldade que a tolerância impõe a nós, os que se exigem ser mais, toleramos porque antes de seus nomes, essas pessoas passam a ter o cargo vitalício de COITADO.

É um tal de , “coitadinha, ela é inocente, nunca fez nada além disso, mas é super legal.” “Coitadinho, ele não consegue entender, você podia fazer isso pra ele, porque na posição dele fica chato confessar que não sabe.”

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Façam-me um favor!

Abaixo a tolerância agora!
Eu não quero tolerar a ignorância consentida
Não quero tolerar a burrice acomodada
Não quero tolerar a comedida covardia de dizer:

MOVA-SE, FAÇA MELHOR, SEJA MELHOR.

E por último; prefiro ser descrita como A Megera Maquiavélica Inteligente e Cruel, a ser a coitadinha, a boazinha, a legalzinha.....eca quero vomitar.

Nenhum comentário: